Pular para o conteúdo principal

Jornal O Aguapé

O Aguapé
Fonte: Wikipedia
Aguapé: planta aquática flutuante. Possui grande capacidade de tolerância e absorção de poluentes como, por exemplo, águas contaminadas por esgoto e rejeitos industriais, incluindo metais pesados. Atualmente estuda-se sua utilização na despoluição de lagos e rios com águas poluídas.

Iniciado por um grupo de amigos das cidades de Aquidauana e Anastácio, o jornal O Aguapé tem a intenção primeira de informar os cidadãos aquidauanenses e anastacianos sobre assuntos relevantes envolvendo nossas cidades, nosso estado e o país. Assim como um conjunto de aguapés filtra a água e embeleza um local, os objetivos principais desse jornal são filtrar as informações, deixando passar o que for bom (sobre cultura, educação e ciências) e valorizar o (mercado) local.

Esperamos, desse modo, sermos catalizadores do que há de bom entre nós e, desse modo, causarmos um impacto positivo na paisagem atual de nossas queridas cidades.

Comentários

  1. O criacionista deste blog teve uma boa ideia de publicar eventos ocorridos.

    ResponderExcluir
  2. De fato.

    Espero contribuir (e muito) para veiculação de ideias relativas à Anastácio e Aquidauana, em especial aquelas referentes à Educação, que necessitam ser cada vez mais pensadas entre os professores e posteriormente discutidas em reuniões sistemáticas na Câmara Municipal e outras instâncias.

    Parabéns pela iniciativa, Fernando.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Muro da Gentileza e o desamor

Li uma notícia interessante esses dias, falava sobre o Muro da Gentileza. 




A partir daí comecei a pensar no significado da palavra. Segundo o dicionário, “gentileza é qualidade ou caráter de gentil; ação nobre, distinta ou amável; substantivo feminino”. Com isto me lembrei da música com o título “Não existe amor em SP”, do artista Criolo, pensei em nossa sociedade e seu filho, a política, com tudo que está acontecendo e a enxurrada aterradora das práticas nada republicanas de nossos representantes, via de regra eleitos pelo voto popular.  Gentileza, você faz falta Sem ela existe o vácuo, o desamor, rançoso, vencido, invejoso das boas práticas. Gentileza, você faz falta, nas lides diárias, com a correria do dia a dia, caras feias, impaciência, é o prato do dia, aprendemos rápido que a gentileza varrida para baixo do tapete não nos envergonha, mas a verdade é que deveria. Erguer um muro da Gentileza, logo pensei, caramba que ato simples, mas cheio de simbolismos, como um espasmo muscul…

Trilha Sonora: Donkey Kong

É indiscutível que os jogos de videogames fizeram parte da infância de muitos na nossa geração. E uma característica marcante dos jogos da década de 90, quando os gráficos ainda estavam muito distantes do realismo de hoje em dia, eram as trilhas sonoras.

Imagem: Donkey Kong e Didi Kong

Por isso, reuni aqui três vídeos que incluem várias das músicas da saga Donkey Kong. Se houver um feedback bacana buscarei fazer mais publicações desse tipo, espero que gostem:






Mas não seria muito incômodo?

Esse é um pequeno conto para desenhar o quanto odeio atrapalhar as pessoas.  Talvez você se identifique, boa leitura.
Existe uma ponte que liga a cidade onde sempre morei, Anastácio, com a nossa cidade irmã, Aquidauana. O que separa as duas é apenas um rio: o rio Aquidauana, que pode ser visto na foto acima, da ponte Roldão de Oliveira, também conhecida como Ponte Velha ou Ponte da Amizade.
Durante meu ensino médio passei pela Ponte da Amizade muitas vezes, indo ou voltando da escola Cândido Mariano, que fica em Aquidauana. E nessas idas e vindas eu usava a passarela: de madeira na época, estreita, não deixando muito espaço para duas pessoas andarem uma ao lado da outra, muito menos espaço havia para bicicletas. Havia duas passarelas, uma em cada lado da ponte. Então, se alguma bicicleta estivesse indo ou vindo em um dos lados, era necessário que a pessoa desse lado saísse da frente ou então o ciclista deveria pacientemente esperar que o pedestre terminasse de atravessar a ponte.
Um …